Não quero saber se o pato é macho, eu quero ovo! - PerfilDois Coaching e Assessoria

Blog Não quero saber se o pato é macho, eu quero ovo!

Apresentação institucional

Baixe Agora

Essa frase me inspira e muito. Eu repito-a não apenas para minha equipe mas também para os meus clientes. O conteúdo dela é muito claro, foque na solução.
Você já pediu algo para alguém que, ao invés de entregar o que foi solicitado, aparece com muitas desculpas? Tenho certeza que sim. Seja um serviço que você tentou contratar ou como líder de equipe, ao solicitar uma resposta para alguém, você já foi surpreendido com os mimimis e não com a solução.

Pois bem, vou lhes contar um “causo”. Há alguns dias precisei fazer um orçamento para repor um vidro de uma mesa, então, solicitei a uma empresa da minha região. Passadas algumas horas, compareceu no local solicitado um representante da empresa para verificar o vidro e posteriormente enviar o orçamento. Passou uma semana e nada do orçamento, eis que me vi na obrigação de ligar para a empresa para solicitar o tal valor. Pasmem, a pessoa que me atendeu disse: “-Ah, aqui ninguém passa recado”…. Fiquei muda e pensando: “o que eu tenho a ver com isso? Eu quero o ovo”. Passaram mais alguns dias e a pessoa que foi no local fazer o orçamento me liga e diz que não havia medido o vidro, mas que “achava” que o valor seria aproximadamente x reais. Bem, essa história é simples e deixa bem claro como muitos não entendem a dor do cliente, seja ele interno ou externo. E por que isso acontece?

Bem, isso acontece por vários motivos, já começa pelo processo de recrutamento feito de forma leiga, o que despreza a ciência do comportamento que tem instrumentos para mensurar perfis e colocar cada pessoa no seu devido lugar. Isso pode explicar, não é uma regra, mas ajuda a entender a morosidade de algumas entregas na esfera pública, por exemplo. Não diferente na iniciativa privada. Outro motivo é a falta de escuta ativa de quem está executando um serviço em perceber, de fato, a necessidade do outro e, por último e muito importante, é a vontade de fazer um pouco acima do que já está habituado a fazer.

Pare para pensar na última vez em que alguém lhe pediu algo um pouco mais complexo do que você está habituado a realizar. A primeira resposta foi não sei como fazer isso, nunca fiz assim…e essa é a oportunidade de você se desenvolver, se distender, de pensar em outras possibilidades de se chegar em uma solução.
Afinal, o que todos queremos? Soluções! Então, toda vez que você for fazer algo, lembre disso: não liga se o pato é macho, encontre o ovo. O ovo pode ter inúmeros formatos, um novo jeito de se relacionar, caminhos para elaboração de um projeto, reconquistar uma equipe, aumentar as vendas, etc. O que garante que você vai encontrar o ovo é a sua vontade de querer ser resolutivo. E, para isso, só há um caminho, o do desenvolvimento.

Voltar

Conheça Nossos Clientes

Cadastre-se em uma oportunidade

Você pode se cadastrar em uma de nossas oportunidades ou pode fazer parte do nosso banco de talentos.

Anexar Arquivo